Mensagem do 10o Guia Ali Al Kimur recebida em 1o de Setembro 1950


Glória a Deus nas Alturas e Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade!


Não sendo possível comparecer o Mestre Guia desta casa, coube a mim, Décimo Guia, vir falar-vos.

Meus queridos irmãos, a humanidade terrena atravessa o seu momento decisivo. Infelizmente a compreensão humana está muito atrasada.

As mentes progressistas tendem mais para o mal que para o bem, e o resultado é esse, meus irmãos: destruição de vidas. Muitos, principalmente aqueles que não acreditam, dizem: por que Deus consente tais desatinos, que tanto atingem os bons como os maus?

Como podem eles saberem os que são bons e os que são maus, se muitas vezes praticam a bondade fitando um interesse próprio?

Não, meus irmãos, só a suprema sabedoria divina, só aquele que tem poder sobre todos nós pode saber de fato qual o bom e qual o mau. E para o vosso conforto eu vos direi: em todas as tempestades há náufragos que perecem e náufragos que se salvam. Todos aqueles que têm sentimentos de pureza e sinceridade trazem dentro de si bem acesa a lâmpada da fé, estes jamais parecerão. Sim, porque esta luz da verdade saberá salvá-los. Estes terão sempre um abrigo onde fortificarão os seus espíritos.

Que esta casa, pois, seja um destes abrigos, meus irmãos!


E, agora, passemos a falar desta Casa.

Meus irmãos, a ordem notifica o homem pelo cumprimento do seu dever. E todo aquele que cumpre o seu dever dá um passo no caminho do seu adiantamento moral.

Hoje estamos aqui reunidos nesta sala linda e bela. Sim, porque tudo é limpo, é belo e é puro. E deveis isto, meus irmãos, a um homem que soube cumprir seu dever. Que tomando para si uma responsabilidade, fez jus a este compromisso, procurando da melhor forma possível satisfazer o que ele idealizou: o conforto que poderá dar-vos.

Meus irmãos, espero que todos vós saibais cumprir com os vossos deveres, que procurei dentro do mister que vos foi confiado, notificar-vos no cumprimento dos vossos deveres. Estou certo de que assim será e a todos vós que concorrentes com o auxílio dado a este irmão, de boa vontade, irmãos que sois também de boa vontade, a todos vós trabalhadores de última hora, estou certo também que jamais pensarei ao contrário do que pensaste até então. Continuai firmes, procurando sempre e cada vez mais fazer o que a Tenda Irmãos do Oriente seja um abrigo para todos os náufragos.


Que as minhas palavras não venham trazer a este irmão [o médium] vaidade, e sim somente o prazer de uma consciência tranquila pelo cumprimento do dever. E agora, meus irmãos, espero, breve, poder falar-vos sobre os trabalhos que estão organizando, aos quais tenho sempre assistido e na ocasião oportuna me farei sentir.

Meu irmão presidente [Ewaldo Reis e Silva], quero dar-vos palavras de verdadeiro amor, enviadas para vós pelo Mestre. Eles manda dizer-vos belas palavras que significam grande amor, brandura e bondade. Alan, a Tenda de Kallaby sempre será a tua Tenda. Eis as palavras que Ele mandou dizer-vos.


Que a luz se faça para todos vós, meus irmãos! Que a paz divina caia sobre todos vós e que a misericórdia de Jesus, o Divino Mestre, vos seja sempre pródiga, irmãos da Tenda dos Irmãos do Oriente.


Glória a Deus nas Alturas e Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade.


O Décimo Guia,

1° de setembro de 1950.


2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
SOBRE NÓS

Com 75 anos de tradição, a Tenda hoje encontra-se sediada no bairro de Botafogo, Rio de Janeiro, em prédio próprio, cuja administração possui caráter associativo.

LOCALIZAÇÃO

21 2226-7323 | 3593-6009

 

Rua da Matriz, 79, Botafogo .

Rio de Janeiro - RJ

REDES SOCIAIS
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© 2019 para Tenda Irmãos do Oriente | Feito com amor por Flag Design